Home -> PROJESQ

PROJESQ

PROJETO ESQUIZOFRENIA - PROJESQ

O grupo foi formalmente constituído em janeiro de 1990 e a partir de 1990 passou a ser denominado PROJESQ- PROJETO ESQUIZOFRENIA.

São atendidos em Ambulatório e Enfermaria pacientes adultos de ambos os sexos com Distúrbios Psicóticos nas suas diversas formas, sendo priorizado, para fins de pesquisa, pacientes com diagnóstico de esquizofrenia.

Na área de internação, objetivam-se internações de curta duração com rápida reinserção do paciente na comunidade. O Projesq conta atualmente com 6 leitos na enfermaria masculina, 6 na feminina e 4 na enfermaria mista.

As atividades assistências constam de triagem, realizada semanalmente, para admissão de pacientes novos ou para encaminhamento para outros recursos de saúde existentes no Hospital das Clínicas ou na rede pública.

O Ambulatório de Pesquisa, funciona pela manhã nas terças-feiras e dedica-se primordialmente ao atendimento e à pesquisa clínica de pacientes refratários a tratamento neuroléptico, onde a capacidade de atendimento é de 30 retornos semanais; 03 triagens e 01 Caso Novo.

Ambulatório Geral e Didático funcionam também as terças-feiras no período da tarde onde sua capacidade de atendimento gera em torno de 70 retornos semanais; 03 triagens e 01 Caso Novo.

O Projesq colabora com outros pesquisadores como no Projeto Estrógeno, no Estudo da Discinesia Tardia, e Investigação das relações entre psicopatologia e neuropsicologia com a colaboração.

O Projesq é responsável por várias atividades de ensino - pois seus membros ministram aulas em cursos de graduação, pós-graduação, atualização, extensão universitária, congressos, simpósios, jornadas e cursos para a comunidade médica. O grupo promove discussões clínicas sistemáticas de novos casos com toda equipe e residentes, e organiza seminários sobre esquizofrenia com os residentes. São realizados encontros com a Liga de Psicoses.

A linha de pesquisa do PROJESQ esta representada pelos seguintes estudos:

    * Avaliação da sintomatologia e tratamento da discinesia tardia.(Drª Débora Bassitt e Mario Louzã)

    * Estudo de alternativas medicamentosas no tratamento da esquizofrenia refratária.( Dr Jorge Henna)

    * Esquizofrenia na infância e adolescência (Drª Maria Cristina Ferrari).

    * Alterações anátomo-patológicas na esquizofrenia(em colaboração com Dr Sergio Coura, do Hospital do Juquery).

    * Meta-análise sobre a eficácia de neurolépticos em esquizofrenia ( Drª Maria Cristina Grilli Tissot, aluna de mestrado).

    *  Estudo da confiabilidade e validade da escala breve de avaliação psiquiatrica versão ancorada (BPRS-A) (Traduzido e adaptado para o Portugues)

    * Ensaios clínicos com novos neurolépticos:
          * Risperidona (1993);
          * Ziprasidona (1995);
          * Iloperidona (1999);

Está também em andamento um estudo comparando Risperidona e neurolépticos convencionais em medidas de Qualidade de Vida e de Psicopatologia e Estudo dos Disturbios, Transtornos de Atenção e Hiperativo. Neste ano 2000 estão previstos a realização de ensaios com a Amisulprida e a Quetiapina. Além disso deveremos estar coordenando projeto de investigação clínica para avaliar a eficácia da clozapina em paciente crônicos no Hospital do Juquery.

 

Pacientes para projetos de pesquisa

 

O Projesq dispõe de vagas para homens e mulheres de 18 a 40 anos, que tenham diagnóstico de esquizofrenia há pelo menos 1 ano e no máximo há 5 anos. Para informações detalhadas e inscrições para triagem, enviar e-mail para: projesqipq@hcnet.usp.br ou tel. (011) 2661 6971 de segunda a sexta-feira das  8h às 17h - falar com Josy.    

.