Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

 

estudo Associação entre comprometimento quimiossensorial com morbidade neuropsiquiátrica na síndrome pós-aguda COVID-19: resultados de um estudo de coorte multidisciplinar foi  realizado por pesquisadores do Instituto de Psiquiatria no Hospital das Clínicas da FMUSP e publicado no European Archives of Psychiatry and Clinical Neuroscience . 

Estudos preliminares metodologicamente limitados sugeriram que paladar e olfato conhecidos como deficiências quimiossensoriais e sintomas neuropsiquiátricos estão associados no pós-COVID-19.

O objetivo do estudo é avaliar se a disfunção quimiossensorial e os comprometimentos neuropsiquiátricos em uma amostra pós-COVID-19 bem caracterizada. Trata-se de um estudo de coorte avaliando pacientes adultos hospitalizados devido a formas moderadas ou graves de COVID-19 entre março e agosto de 2020. As informações de linha de base incluem vários dados clínicos e de hospitalização. Outras avaliações foram feitas usando vários instrumentos confiáveis diferentes projetados para avaliar as funções do paladar e do olfato, parosmia e distúrbios neuropsiquiátricos (usando medidas psiquiátricas e cognitivas padronizadas).

Dos 1.800 indivíduos elegíveis, 701 voluntários foram avaliados neste estudo.p < 0,001). A hipogeusia moderada/grave foi significativamente associada a um pior desempenho na tarefa de memória da lista de palavras ( p = 0,012); A perda olfativa e gustativa moderada/grave concomitante durante a fase aguda do COVID-19 também foi significativamente associada ao comprometimento da memória episódica ( p = 0,006). Encontramos uma associação positiva entre anormalidades quimiossensoriais relatadas (sabor e olfato) e disfunção cognitiva em pacientes pós-COVID-19.

De acordo com  Rodolfo Damiano, primeiro autor do artigo  as descobertas podem nos ajudar a identificar possíveis mecanismos que ligam essas duas funções neurobiológicas e também apoiar a especulação sobre uma possível rota pela qual o SARS-CoV-2 pode atingir o sistema nervoso central.

O artigo Association between chemosensory impairment with neuropsychiatric morbidity in post acute COVID 19 syndrome: results from a multidisciplinary cohort study pode ser lido em: https://link.springer.com/content/pdf/10.1007/s00406-022-01427-3.pdf.