Programa de Ansiedade

Coordenação geral: Prof. Dr. Márcio Bernik

Acompanhamento multidisciplinar de adultos em geral que sofrem de transtornos ansiosos, abrangendo: síndrome do pânico, fobias, transtorno obsessivo-compulsivo, agorafobia, transtorno do estresse pós-traumático, ansiedade generalizada e induzida por substâncias.

O Ambulatório de Ansiedade (AMBAN), do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, iniciou suas atividades em 1985 com o objetivo de realizar estudo multidisciplinar em diferentes aspectos do tratamento do Transtorno de Pânico.

Os transtornos Ansiosos são distúrbios mentais que prevalecem na população geral. Visando pesquisar estes transtornos, anteriormente denominados Neuroses, utilizamos a infraestrutura do Instituto de Psiquiatria para o desenvolvimento de estudos Científicos.

O estudo da ansiedade foi uma das áreas da Psiquiatria em que ocorreram progressos significativos com o desenvolvimento de tratamentos de grande eficácia.

Para saber mais, acesse o site: amban.org.br

Programa de Transtornos Alimentares – AMBULIM

Coordenação geral: Prof. Dr. Táki A. Cordás

Criado em 1992, o Programa de Transtornos Alimentares – AMBULIM é o primeiro centro especializado do Brasil no estudo, ensino e tratamento de transtornos alimentares.

Conforme o aumento da demanda de pacientes com transtornos alimentares e os avanços dos estudos científicos na área, foram criadas outras especificidades ambulatoriais e grupos especializados.

O Ambulim está dividido em:

> Ambulatório de Anorexia Nervosa
> Ambulatório de Bulimia Nervosa
> Ambulatório de Transtornos Alimentares na Infância e Adolescência –Protad
> Atendimento para Homens com Transtornos Alimentares
> Atendimento para Mulheres com Transtorno de Compulsão Alimentar e Obesidade
> Atendimento on-line para Pessoas com Compulsão Alimentar, Obesidade e Sobrepeso
> Enfermaria do Comportamento Alimentar – ECAL

Estão estruturados em unidades especializadas de atendimentos, e atendem homens e mulheres acima de 18 anos, bem como crianças e adolescentes. Também oferece orientações, informações e apoio aos familiares.

O tratamento no AMBULIM é realizado com o apoio de equipe multidisciplinar, formada por médicos, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos, fisioterapeuta, terapeutas familiares e equipe de enfermagem.

Acontece de forma ambulatorial ou internação para os casos mais graves.

Para saber mais, acesse o site: ambulim.org.br

Programa de Transtornos Afetivos - PROGRUDA

Coordenação geral: Prof. Dr. Ricardo Moreno

O Programa de Transtornos Afetivos oferece abordagem interdisciplinar no diagnóstico e tratamento da depressão e transtorno bipolar do humor. Realiza avaliações diagnósticas e acompanhamento clínico-terapêutico, contando com recursos como: psicoterapia cognitivo-comportamental de grupo e individual, encontros psicoeducacionais com pacientes e familiares, aconselhamento e psicoterapia familiar.

Fundado em 1983, o Programa de Transtornos Afetivos (GRUDA) é um centro de referência nacional e internacional em assistência, ensino e pesquisa no campo dos transtornos de humor. Está localizado no Instituto de Psiquiatria (IPq) dentro do complexo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Através de uma abordagem interdisciplinar promove educação do paciente e seus familiares sobre a natureza da doença e seu tratamento através de encontros psicoeducacionais e de material impresso. Realiza pesquisas em psicofarmacologia de antidepressivos e estabilizadores de humor e novas formas de tratamento com protocolos específicos. Sob a coordenação do professor Dr. Ricardo Alberto Moreno conta com uma equipe de excelência composta por psiquiatras, psicólogos, enfermeiros, fisioterapeuta e farmacêuticas com experiência no tratamento e acompanhamento dos transtornos do humor.

O GRUDA está dividido em:

AMBULATÓRIO INTEGRADO DE UNIPOLARES – AIUNI

O ambulatório integrado de unipolares (AIUNI) é um programa de tratamento para pacientes portadores de transtornos depressivos unipolares:

> transtorno depressivo maior (depressão maior)
> transtorno depressivo persistente e distimia
> transtorno disfórico pré-menstrual
> transtorno depressivo peri-parto
> transtorno depressivo associado a outras condições médicas

Sob a coordenação do psiquiatra e pesquisador Dr. Fernando Fernandes, realiza pesquisas em várias frentes como psiquiatria, psicologia, fisioterapia, odontologia, entre outras, todas voltadas para um melhor entendimento e tratamento dos transtornos depressivos unipolares.

O AIUNI acontece todas as sextas-feiras, no período das 13:00 as 17:00, no térreo ala norte do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas.

Portadores de transtorno depressivo maior (depressão), mulheres jovens (idade até 39 anos), que desejam participar de algum projeto de pesquisa com medicamentos podem se candidatar para uma triagem completando o formulário abaixo (clicar na imagem):

AMBULATÓRIO INTEGRADO DE BIPOLARES – AIBIP

O ambulatório integrado de bipolares (AIBIP) é um programa de tratamento para pacientes portadores de algum tipo de transtorno bipolar:

> transtorno bipolar tipo I
> transtorno bipolar tipo II
> ciclotimia
> transtorno bipolar outra especificação
> transtorno bipolar associado a outras condições médicas

Sob a coordenação do psiquiatra e pesquisador Dr. Diego Tavares, realiza pesquisas em várias frentes como Psiquiatria, Psicologia, Neuropsicologia, Psicofarmacologia, Psiquiatria Biológica, Fisioterapia, entre outras, todas voltadas para um melhor entendimento e tratamento dos transtornos bipolares.

O AIBIP acontece todas às sextas-feiras, no período das 08:00 as 12:00, no segundo andar ala sul do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas.

Para saber mais, acesse o site:grudacom.wordpress.com

Programa Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas

Coordenação geral: Prof. Dr. André Malbergier

Sediado no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o GREA - Programa do Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas, vem desenvolvendo trabalhos na área de pesquisa, ensino, assistência e prevenção de álcool, tabaco e outras drogas desde 1981.

Seu método se caracteriza por uma abordagem multidisciplinar, com equipe formada por psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais, profissionais das residências médica (Psiquiatria) e multiprofissional (Psicologia, Terapia Ocupacional, Enfermagem e Serviço Social). O grupo é considerado hoje como Centro de Excelência para Tratamento e Prevenção de drogas, pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas - SENAD.

Desenvolve atividades de pesquisa, ensino, assistência e prevenção de álcool, tabaco e outras drogas. Em sua abordagem interdisciplinar estão incluídos profissionais como: psiquiatras, psicólogos, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo e preparador físico. Sua atuação abrange atendimento psiquiátrico e psicológico de pacientes com quadros de abuso, síndrome de dependência e outras complicações psiquiátricas advindas do consumo inadequado de substâncias psicoativas.

O Programa Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas está dividido em :
Ambulatório da Liga
Ambulatório Didático
Ambulatório de Pesquisa

Para saber mais, acesse o site: grea.org.br

Programa da Mulher Dependente Química - PROMUD

Coordenação geral: Dra. Patrícia Hochgraf
Voltado ao atendimento exclusivo de mulheres adultas com diagnóstico de dependência de álcool e/ou outras drogas, atua com equipe multiprofissional, com foco especial no tratamento ambulatorial.

O PROMUD foi criado em novembro de 1996 com a proposta de atender exclusivamente mulheres dependentes de álcool e outras drogas, seguindo uma tendência mundial que dizia que estas mulheres responderiam melhor a programas que atendesse às suas necessidades específicas.

Serviços como o PROMUD permitem que estas mulheres atravessem ou pulem algumas barreiras que parecem intransponíveis para elas, como o próprio preconceito, o preconceito de suas famílias e o preconceito até dos profissionais de saúde.

As pacientes recebem cuidados específicos, para questões relacionadas ao gênero, como questões de gestação, questões de contracepção e questões ligadas à violência contra a mulher, entre outras.

O PROMUD é formado por uma equipe multiprofissional que consiste de psiquiatras, residentes de psiquiatria, nutricionistas, terapeutas ocupacionais e assistentes sociais, entre outros.

O atendimento no ambulatório acontece toda segunda-feira. As segundas-feiras essas pacientes passam pelo seu médico, passam nos grupos de psicoterapia e passam na nutricionista, eventualmente com advogada, com assistente social, com terapeuta ocupacional. Atendemos mais de 800 mulheres com diferentes tipos de dependências, dependências de álcool, cocaína, crack, maconha, remédios para dormir, remédios para dor, entre outros.

O PROMUD tem orgulho de ter sido escolhido como modelo de tratamento de dependência química em mulheres na América do Sul pelo escritório das Nações Unidas sobre drogas e crime.

Para saber mais, acesse o site: mulherdependentequimica.com.br

Programa Esquizofrenia - PROJESQ

Coordenação geral: Prof. Dr. Helio Elkis.

Destinado a adultos de ambos os sexos que apresentem transtornos do espectro das psicoses como esquizofrenias e transtornos delirantes, entre outros, este programa objetiva intervir nas várias fases da doença, visando identificação e tratamento precoce, acompanhamento dos episódios agudos, dos casos crônicos ou refratários e reabilitação. As atividades de assistência são fundamentalmente ambulatoriais e as internações, de curta duração, visando à rápida reinserção social do cliente.

Programa Déficit de Atenção e Hiperatividade no Adulto

Coordenação geral: Prof. Dr. Mario Louzã Neto

O PRODATH é um grupo de pesquisa em TDAH no adulto, formado por profissionais da área de Saúde (psiquiatras, psicólogos, fonoaudiólogos entre outros). Desenvolve pesquisas nas áreas de psiquiatria, psicoterapia, neuropsicologia, qualidade de vida e tratamento do TDAH.

Desenvolve atualmente projetos de pesquisa em áreas como TDAH no idoso, TDAH e Dislexia, TDAH e transtornos por uso de substancias psicoativas, TDAH e transtornos do sono. Tais projetos envolvem a avaliação clínica minuciosa (entrevistas padronizadas e escalas de avaliação), avaliações neuropsicológica e fonoaudiológica, e de neuroimagem. Os pacientes acompanhados no PRODATH recebem tratamento farmacológico e orientação psicoeducacional, além de orientação familiar, se indicado.

Programa  de Estudos em Sexualidade - PROSEX

Coordenação geral: Profa. Dra. Carmita Abdo

Criado em 1993, o Programa de Estudos em Sexualidade/ProSex atua no atendimento psiquiátrico das disfunções sexuais masculinas e femininas, nos transtornos de identidade sexual e de preferência sexual. Sua equipe multiprofissional inclui psiquiatras, psicólogos e psicoterapeutas, ginecologistas, urologistas, assistentes sociais e terapeutas ocupacionais. Além de acompanhamento psicoterápico individual, grupal e de casal, realiza diagnóstico diferencial para disfunções sexuais femininas e masculinas, presta orientação e aconselhamento ao paciente e seu parceiro e desenvolve atividades de ensino e pesquisa.

Além das pesquisas e do atendimento nós oferecemos serviços à comunidade, educação sexual para escolas, palestras para adultos e para a terceira idade. O PROSEX é, portanto um grupo que presta serviços à população de amplas formas. Também oferecemos cursos de extensão para profissionais de saúde que acabam fazendo seu aprimoramento em sexologia ou em terapia sexual.

Programa Saúde Mental da Mulher - ProMulher

Coordenação geral: Prof. Dr. Joel Rennó Junior

Direcionado a mulheres de 18 a 59 anos, o ProMulher estuda e trata especificamente os transtornos psíquicos nas diferentes fases do ciclo reprodutivo feminino, sendo o transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM), que é uma forma grave de tensão pré-menstrual,que ocorre em cerca de 5% das mulheres, bem como comprometimentos psiquiátricos da gestação e pós-parto (ansiedade e depressão), do climatério e menopausa. Em parceria com o Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência atende também adolescentes grávidas com problemas psíquicos.

Programa Terceira Idade - PROTER

Coordenação geral: Prof. Dr. Geraldo Busatto

Com foco na assistência à saúde mental do idoso (a partir de 60 anos), com abordagem medicamentosa e psicoterápica, conta com equipe multidisciplinar e oferece atendimento ambulatorial e de internação em diferentes níveis, atuando na reabilitação neuropsicológica dos transtornos psiquiátricos que acometem esta população.

O PROTER foi fundado em janeiro de 1994 como um grupo de pesquisa na área de saúde mental de idosos.

A partir de 1995, as atividades do grupo foram ampliadas com a criação do Ambulatório Assistencial Didática para expandir o atendimento e permitir o treinamento em serviço de médicos residentes. Em 1996, começou a funcionar a Clínica de Memória do PROTER, prestando atendimento multidisciplinar a pacientes de qualquer faixa etária que procuravam o Instituto de Psiquiatria com queixas relacionadas às funções cognitivas. Em 2003, iniciamos as atividades assistenciais no ambulatório de demências.

A equipe atual do PROTER é constituída por médicos, fonoaudiólogos, psicólogos, pós-graduandos, além dos coordenadores.

Para saber mais, acesse o site: proter.org

Programa Transtornos do Espectro Obsessivo-Compulsivo - PROTOC

Coordenação geral: Dra. Roseli Gedanke Shavitt

Abordagem psiquiátrica e psicoterapêutica de primeira linha para o tratamento do transtorno obsessivo compulsivo (TOC) e outras patologias relacionadas, como a Síndrome de Tourette e o transtorno dismórfico corporal. O TOC se caracteriza pela presença de pensamentos, imagens ou impulsos repetitivos e involuntários, de caráter geralmente aversivo. Eles causam grande ansiedade e incômodo. Para aliviá-los, a pessoa realiza inúmeros rituais. Por exemplo, lava as mãos ou organiza e limpa a casa diversas vezes ao longo do dia.

Para saber mais, acesse o site: protoc.com.br

Programa de Saúde, Espiritualidade e Religiosidade – ProSER

Coordenação geral: Dr. Frederico Leão

O ProSER é um grupo de profissionais da área da saúde que visa dar assistência, estudar, pesquisar e gerar informações a respeito da relação entre saúde, espiritualidade e religiosidade. O ProSER respeita as diferentes formas nas quais os indivíduos entendem e vivenciam sua espiritualidade, e adota uma postura desvinculada de religiões. O ProSer dispõe de vários vídeos interessantes com temas do nosso grupo disponível para todos.

Para saber mais, acesse o site:  proser-ipq.org

Programa Ambulatorial Integrado dos Transtornos do Impulso – PRO-AMITI

Coordenação geral: Prof. Dr. Hermano Tavares

O PRO-AMITI surgiu em 2004 após o Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Objetiva o tratamento e estudo dos transtornos do controle do Impulso tais como: jogo patológico, oniomania, automutilação, dependência de comida, dependência de internet, dermatotilexomania, cleptomania, tabagismo, transtorno explosivo intermitente, tricotilomania, impulso sexual excessivo, amor e ciúme patológicos.

O acompanhamento é ambulatorial, realizado por profissionais de diferentes áreas da psiquiatria e saúde mental, que compartilham experiências e investigam formas mais eficazes da abordagem dos comportamentos multi-impulsivos.

Integram esse programa:

> Amor e Ciúme Patológico
> Automutilação
> Cleptomiania
> Compras Compulsivas
> Dependência de Comida
> Dependências tecnológicas
> Dermatotilexomia
> Impulso sexual excessivo
> Transtorno do Jogo
> Entrevista Motivacional
> Transtorno Explosivo Intermitente-TEI
> Tricotilomia.

O Ambulatório do Jogo Patológico, específico para tratamento do transtorno do jogo, caracterizado pelo envolvimento intenso e prejudicial com apostas e jogos de azar (bingo, vídeo-bingo, caça-níqueis, pôquer e outros jogos de carta, cavalos, etc.).

Para saber mais, acesse o site: proamiti.com.br

Programa Integrado de Transtornos de Personalidade e Impulso

Coordenação geral: Prof. Dr. Francisco Lotufo

O Programa oferece abordagem biopsicossocial integrada para o tratamento dos transtornos de personalidade, com acompanhamento personalizado, buscando atender as necessidades específicas de cada pessoa. Os indivíduos com transtornos de personalidade podem apresentar características como: sentimentos crônicos de vazio, ficam magoadas por serem perfeccionistas e terem grandes expectativas em relação aos outros, têm relações interpessoais prejudicadas por explosões de raiva intercaladas com crises de culpa e rápidas oscilações de humor, entre outras.

Programa de Psicogeriatria

Coordenação geral: Prof. Dr. Orestes Forlenza

Direcionado ao atendimento especializado para diagnóstico, tratamento e reabilitação de indivíduos a partir de 60 anos, portadores de desordens neuropsíquicas como: depressão e transtorno bipolar; comprometimento cognitivo leve, doença de Alzheimer, outras demências e transtornos relacionados; esquizofrenia e psicoses de início tardio.

Programa de Neuropsiquiatria

Coordenação geral: Dr. Renato Marchetti

Voltado ao tratamento multiprofissional integrado da epilepsia e outros transtornos neuropsiquiátricos, abrange aspectos farmacológicos, psicológicos e cirúrgicos. O programa inclui avaliação especializada em videoeletroencefalografia para diagnóstico diferencial de epilepsia e crises não epilépticas psicogênicas, bem como acompanhamento psicológico desses casos. O Programa atende principalmente pacientes: com epilepsia e transtornos mentais associados; com diagnóstico diferencial entre epilepsia e transtornos mentais; com crises não epilépticas psicogênicas.

Programa de Psicoterapia sobre gêneros para homens e para mulheres - Gender Group®

Coordenação geral: Dr. Luiz Cuschnir

Criado em 1995. O Grupo de Psicoterapia Gender Group® oferece uma abordagem de psicoterapia individual e em grupo baseada no acesso aos conflitos emocionais inconscientes ou distorcidos, propiciando, pelo autoconhecimento, a conexão com o Propósito de vida de cada um.

Os procedimentos terapêuticos práticos vivenciais revelam as crenças e máscaras presentes na vida adulta e no processo de envelhecimento. Contribuem na construção da identidade como Homem ou Mulher.

As sessões dessa abordagem psicoterapêutica Despertar do Ser possibilitam ampliar a percepção do seu universo individual e consequente repercussão nas suas relações afetivas, sociais e profissionais.

A equipe do Gender Group® compõe-se de psicólogos e atende homens e mulheres a partir de 18 anos.

Psicoterapia Individual e Grupal com vivências terapêuticas e temas definidos, que identificam os padrões que impedem a realização mais profunda do Ser de cada um.

Essa proposta desenvolve, pelo conhecimento de si mesmo, a auto responsabilidade com a própria vida.

Programa de Transtornos Somatoformes (SOMA)

Coordenação geral: Dra. Bruna Bartorelli

Atende demanda do próprio hospital no seguimento de pacientes com queixas físicas já investigadas que não apresentaram causas orgânicas que justifiquem totalmente o quadro clínico. Os pacientes deste ambulatório passam por consultas psiquiátricas e quando indicado frequentam psicoterapia com orientação psicanalítica, bem como um grupo de fisioterapia e terapias. Aos cuidadores também são oferecidos atendimentos psicoterápicos em grupo.

Programa Ambulatorial do Jogo (Pro-AMJO)

Coordenação geral: Prof. Dr. Hermano Tavares

O PRO-AMJO fundado em 1997 para pacientes com Transtorno do Jogo. Foram 1500 casos novos e 30000 consultas realizadas nestes anos. Tratamento em 3 partes: 1ª fase - recepção por equipe multidisciplinar, com acolhimento e triagem, avaliação clínica, de enfermagem, psiquiátrica e neuropsicológica, para o encaminhamento ao atendimento. 2ª fase - psicoeducacionais para jogador e familiares, avaliação cardiológica para prática de atividade física. Pacientes são randomizados em 4 tipos psicoterapias. 3a fase - paciente participa de pós-terapêuticos.

Para saber mais, acesse o site: www.proamiti.com.br/jogospatologicos 

Programa de Impulso Sexual Excessivo (AISEP)

Coordenação geral: Prof. Dr. Marco de Tubino Scanavino

O AISEP desenvolve atividades de pesquisa, prevenção, assistência e ensino com foco em comportamento sexual compulsivo, hipersexual, disfunção sexual em pessoas que vivem com o HIV, vítimas de violência sexual, dificuldades sexuais em indivíduos com transtorno mental grave e outras condições que cursem com desfechos negativos associados ao comportamento sexual. O grupo é formado por equipe multiprofissional. As atividades de ensino e pesquisa envolvem residentes de Psiquiatria, alunos de mestrado, doutorado, iniciação científica, e dos cursos de Extensão “Desfechos Negativos associados ao Comportamento Sexual”, e “Atualização em Intervenções em Transtorno Mental Grave”.

Para saber mais, acesse o site: www.compulsaosexual.com.br

Programa de Genética e Farmacogenética (ProGene)

Coordenação geral: Prof. Dr. Homero Vallada

O Programa de Genética e Farmacogenética - PROGENE desenvolve pesquisa na área de genética no Instituto de Psiquiatria - IPq HCFMUSP, composta por um grupo multidisciplinar, com o objetivo de realizar investigações em genética molecular e procurando estabelecer colaborações científicas com vários outros colegas e grupos de pesquisa, tanto nacionais como internacionais. O PROGENE conta com uma parte laboratorial bem equipada e um banco de material biológico organizado com amostras de DNA referente a pacientes com diferentes transtornos psiquiátricos. Contribui também no treinamento técnico-laboratorial, nos cursos de iniciação científica e de pós-graduação de diferentes profissionais.

Para saber mais, acesse o site: www.progene.org.br

Programa de Psiquiatria Social e Cultural (PROSOL)

Coordenação geral: Prof. Francisco Lotufo Neto

Programa de Psiquiatria Social e Cultural.  O PROSOL faz atendimento a populações em situação de vulnerabilidade.

A equipe é composta por médicos residentes de psiquiatria da USP, psiquiatras assistentes, psicologia e antropologia, enfermagem e serviço social para dar o atendimento acolhedor e humanizado integrado às necessidades da pessoa.

Programa de Transtorno de Identidade de Gênero e Orientação Sexual (AMTIGOS)

Coordenação geral: Dr. Alexandre Saadeh

O Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual (AMTIGOS) acompanha crianças, adolescentes e adultos (no momento não recebe novos pacientes adultos) que apresentem incongruência de gênero ou não conformidade de gênero.

Programa de Transtorno Bipolar (PROMAN)

Coordenação geral: Prof. Dr. Beny Lafer

O Programa de Transtorno Bipolar (PROMAN) do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo presta assistência médica ambulatorial a pacientes com transtorno bipolar e desenvolve pesquisas voltadas para o estudo da fisiopatologia e do tratamento do transtorno bipolar do humor em adultos e crianças. Utilizamos modernos métodos de neuroimagem, de genética, de investigação de marcadores periféricos de doenças psiquiátricas, e de neuropatologia em nossas pesquisas. Também mantemos colaborações com centros de pesquisa internacionais para projetos de pesquisa no tratamento farmacológico da prevenção das recorrências dos episódios de humor do transtorno bipolar. O PROMAN é composto por uma equipe de mais de 20 profissionais. Fazem parte de nossa equipe médicos psiquiatras, psicólogos, neuropsicólogos, biólogos, enfermeiras, pesquisadores colaboradores e estudantes de graduação e pós-graduação.

Para saber mais, acesse  o link http://www.bipolarhc.com.br/index.php

Programa de Psicoses do Laboratório de Neurociências

Coordenação geral: Dr. Martinus Theodorus Van de Bilt

O Grupo de Psicoses foi criado em 2009, tendo como missão promover a integração entre a clínica e a pesquisa básica dos transtornos psicóticos, uma linha de pesquisa já tradicional do Laboratório de Neurociências, como dezenas de publicações em influentes periódicos internacionais.

Integram o Grupo médicos, psicólogos, neuropsicólogos, terapeutas ocupacionais, farmacêuticos, biomédicos e biólogos.

Partindo da compreensão de que quanto mais precoce o atendimento às pessoas que sofrem de transtornos psicóticos, melhor o prognóstico das psicoses, o Grupo busca direcionar esforços para o atendimento multidisciplinar a pessoas em Primeiro Episódio Psicótico e a pessoas em Alto Risco para Psicoses.

Simultaneamente, busca obter dados clínicos e biológicos que são investigados conjuntamente para contribuir para o melhor entendimento dos mecanismos biológicos envolvidos na gênese e evolução das psicoses.

Segue à missão geral do Hospital das Clínicas de promover o Ensino, a Pesquisa e a Prestação de Serviços de Saúde à comunidade, o Grupo de Psicoses promove, ainda,  treinamento em serviço para médicos residentes e para médicos e psicólogos voluntários, após seleção prévia.

Núcleo de Pesquisa em Psiquiatria Forense e Psicologia Jurídica – NuFor

Coordenação geral: Dr. Antonio de Pádua Serafim

Desenvolve atividades no campo da saúde mental e sua interface com a Justiça e Cidadania, esclarecendo dúvidas surgidas quando das interações entre leis, códigos e questões pertinentes a doenças mentais. Atua diretamente com operadores do Direito como: juízes, delegados e promotores, quando envolvidos em causas nas quais haja dúvidas relacionadas à Saúde Mental.

Oferece atendimento psicológico com base no psicodrama para vítimas e perpetradores de violência física e sexual. Realiza estudos no tocante ao impacto quanto às possíveis causas da violência. Oferece curso de especialização Lato Sensu em psiquiatria forense. E na área da psicologia oferece curso de formação em perícia psicológica. Conta com equipe profissional ligada à psiquiatria e psicologia forenses.

Núcleo de Estudos de Obesidade (NEO)

Coordenação geral: Dr. Wang Yuan Pang

O Núcleo de Estudos de Obesidade surgiu de trabalhos acadêmicos voltados para os pacientes com obesidade grave (IMC= 40). Nossas pesquisas iniciais mostraram que aproximadamente 80% de pacientes com obesidade grave apresentam algum tipo de transtorno psiquiátrico ao longo da vida. Desta forma, ampliamos os estudos e formamos o NEO, onde contamos com a infraestrutura do Instituto de Psiquiatria para desenvolvermos estudos científicos multidisciplinares e novas intervenções específicas para a população com obesidade grave.

Para saber mais, acesse o site:  https://www.neobesidadeipq.org/

Grupo de Transtornos do Humor do Laboratório de Neurociências (LIM 27)

Coordenação geral: Dr. Rafael T. de Sousa

Iniciado em 2010, sob a orientação e direcionamento do Prof. Wagner Gattaz, esse Grupo do LIM 27 oferece atendimento ambulatorial para pacientes com transtorno bipolar e depressão, sendo campo também de pesquisa e ensino. Seus projetos de pesquisa mais importantes abrangeram os efeitos do lítio em depressão bipolar, os efeitos do exercício físico na depressão e a teleassistência de pacientes com depressão, contando com verba da Fapesp e em colaboração com diversos centros de pesquisa nacionais e internacionais.

Grupo de Saúde Mental e Psiquiatria do Trabalho - SAMPO

Coordenação geral: Dr. Duílio Camargo e Psicóloga Miryam Mazieiro

Vinculado à Divisão Médica do IPq, atua na área de ensino e pesquisa nas questões dos transtornos mentais relacionados ao trabalho e saúde mental no trabalho. Dispõe de equipe interdisciplinar, composta por médicos psiquiatras, médicos do trabalho, psicólogos, enfermeiros e assistentes sociais, pioneiros no ensino das abordagens aos transtornos mentais relacionados ao trabalho e qualidade de vida no ambiente laboral.

As reuniões do grupo iniciaram em 2011, a partir do Setor de Psiquiatria do Trabalho, constituído no ano de 2007 e inicialmente vinculado ao NUFOR – Núcleo de Psiquiatria Forense e Psicologia Jurídica.

Para saber mais, acesse o site: sampo-ipq.org

Grupo de Pesquisa em Epilepsia - Neurofisiologia Clínica

Coordenação geral: Dra. Kette Dualibi

O Grupo de Estudos e Pesquisa em Epilepsia do IPq HC FM USP é formado por clínicos e pesquisadores que buscam aprimorar o conhecimento sobre os diversos aspectos das epilepsias - genético, psicológico, neurológico, funcional, cognitivo.

Para saber mais, acesse o site: https://www.epilepsiahc.org/

Psiquiatria da Infância e Adolescência

Programa de Transtornos Afetivos na Infância e Adolescência

Coordenação geral: Dra. Lee Fu I

Vinculado ao Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência, é composto por psiquiatras, médicos residentes, psicólogos e estudantes de graduação da saúde. Oferece assistência psiquiátrica especializada para crianças e adolescentes portadores de depressão grave e transtorno bipolar; atua na formação de especialista na área de psiquiatria da infância e da adolescência e na pesquisa sobre os aspectos clínicos e neurobiológicos dos transtornos afetivos.

O Programa PRATA tem como finalidade diagnosticar o mais precoce possível esses transtornos e, quando presente, dar assistência médica com tratamento medicamentoso, orientação familiar e psicoterapia.

O ambulatório acontece às 3ª. feiras das 13 às 17hs, no andar térreo, ala Sul do Instituto de Psiquiatria. Atende  crianças e adolescentes.

Programa de Atendimento, Ensino e Pesquisa em Transtornos Alimentares na Infância e Adolescência (PROTAD)

Coordenação geral: Dra. Vanessa Pinzon

O PROTAD iniciou suas atividades em novembro de 2001 e funciona junto ao Serviço de Psiquiatria da Infância e da Adolescência (SEPIA) e ao AMBULIM do IPq. A equipe é formada por psiquiatras, nutricionistas, psicólogos e enfermeiros especialistas em transtornos alimentares. O PROTAD oferece tratamento multidisciplinar especializado aos pacientes até 18 anos de idade com transtornos alimentares e suas famílias. As modalidades de tratamento são ambulatório (comparecimento semanal) e enfermaria (de acordo com as vagas disponíveis).  Além da função assistencial, a equipe também realiza pesquisas científicas, elabora artigos científicos, participa de cursos, congressos nacionais e internacionais, divulgando dados brasileiros de transtornos alimentares na infância e adolescência.

Programa de Transtornos de Ansiedade na Infância e Adolescência

Coordenação geral: Dr. Fernando Asbahr

Ambulatório do Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência, funciona desde 1995 e assiste pacientes até 18 anos de idade incompletos, que apresentem transtornos ansiosos, tais como: transtorno de ansiedade de separação, fobias, transtorno de pânico e agorafobia, transtorno de ansiedade generalizada, transtorno obsessivo-compulsivo.

Para saber mais, acesse o site: https://protaiaipq.wixsite.com/website

Programa de Transtornos do Espectro Autista - PROTEA

Coordenação geral: Profa. Dra. Helena Brentani

O transtorno do espectro autista é um transtorno do neurodesenvolvimento.

O ambulatório foi criado em 2011 com a missão de promover o diagnóstico precoce. Tem como objetivos principais a pesquisa e ensino, atendendo crianças e adolescentes de até 17 anos de idade.

A equipe é formada por psiquiatras da infância e adolescência, neuropediatras, neurologistas, geneticistas, psicólogos, terapêuticas ocupacionais e pedagogos.

Acontece, às sextas-feiras, das 08h00 às 12h00.

Para agendar triagem para diagnóstico  envie e-mail:  autismo.usp@hc.fm.usp.br

Programa de Diagnóstico e Intervenções Precoces

Coordenação geral: Prof. Dr. Guilherme Polanczyk

Vinculado ao Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência, tem como objetivos oferecer assistência para crianças com transtornos psiquiátricos e desenvolver o conhecimento relacionado aos processos psicopatológicos ao longo da infância. Oferece avaliação psiquiátrica e atendimento para crianças menores de 7 anos de idade, com manifestações clínicas recentes de problemas emocionais ou de comportamento.

Mais informações envie e-mail: prodip.ipq@hc.fm.usp.br

Programa Equilíbrio (vítimas de maus tratos)

Coordenação Geral: Profa. Dra. Sandra Scivoletto

Foi criado em 2005, o Programa Equilíbrio é voltado para a inclusão e o atendimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

A equipe conta com psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, pediatras e enfermeiros.

Recebe crianças e adolescentes encaminhados pelos serviços de acolhimento, Conselhos Tutelares, Varas da Infância e Juventude ou de CAPS-Infantil.

Programa de Atendimento a Psicoses na Infância e Adolescência (PROPIA)

Coordenação geral: Dra. Ana Cláudia Melcop

Projeto ASAS (Avaliação e Seguimento de Adolescentes e Adultos Jovens em São Paulo)

Coordenação geral: Prof. Dr. Mário Rodrigues Louzã

Atende adolescentes e jovens adultos de ambos os sexos, com idade entre 14 e 30 anos que experimentaram por pelo menos duas semanas consecutivas duas ou mais das seguintes sensações/ manifestações:

> Mudança do comportamento habitual
> Pensamento confuso ou atrapalhado ou sem nexo
> Sensação de que coisas ou pessoas parecem estranhas ou irreais
> Comportamentos esquisitos ou sem sentido
> Experiências incomuns como ver coisas ou ouvir vozes que não existem
> Isolamento da família e/ou amigos
> Queda no rendimento na escola e/ou no trabalho
> Falta de motivação, isolamento, desânimo
> Dificuldade de concentração e atenção.

Oferecemos:

> Avaliação médica psiquiátrica especializada • Apoio psicoterapêutico, se indicado
> Avaliação neuropsicológica para mensurar funções mentais
> Exames laboratoriais e de imagem para avaliar a saúde física
> Medicações se necessário
> Acompanhamento por dois anos

A primeira etapa do projeto de pesquisa consiste em uma triagem online. Depois desse contato o interessado irá receber um link com um convite para responder questões básicas para identificarmos se a pessoa tem ou não os critérios de inclusão para o estudo. Caso você preencha os critérios entraremos em contato e agendaremos a triagem presencial.

Brinquedoteca Terapêutica

Coordenação geral: Dra. Marisol Sendin

A Brinquedoteca Terapêutica da Psiquiatria da Infância e Adolescência tem como objetivos principais oferecer um espaço lúdico que propicie o resgate da capacidade simbólica que o brincar permite, contribuindo para a estabilização psíquica e emocional, interiorização e expressão das vivências e para a melhoria da qualidade das relações interpessoais das crianças, adolescentes e suas famílias.

A Brinquedoteca foi inaugurada em 31 de Março de 2010.

É também campo de trabalho para a criação/contação de histórias terapêuticas e terapia assistida por cães.

Os atendimentos abrangem crianças, adolescentes e suas famílias em regime de internação parcial (Hospital-Dia) ou internação plena.

Atendimento das 8h00 às 16h00, de segunda a sexta, com atividades terapêuticas desenvolvidas por médicos, psicólogos, terapeutas ocupacionais, enfermeiros, fonoaudiólogos e psicopedagogos.